PROGRAMAÇÃO DEZEMBRO 2014

Dia 2
Cinema
21h30
GALINHA COM AMEIXAS

Dia 3
Teatro
14h30
Juntos Construímos Felicidade e Adaptação de “João sem Medo” pelo Grupo de Teatro da CERCIBEJA
Org. CERCIBEJA
Apoio Câmara Municipal de Beja

Cinema
21h30
CABRA MARCADO PARA MORRER

Dia 4
19h00
Projecção de filme de Natal da Santa Casa da Misericórdia
Org. Santa Casa da Misericórdia de Beja
Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 6
Música
21h30
Concerto com DEAD COMBO
Co-Produção Produtores Associados/Câmara Municipal de Beja

Dia 9
Cinema
21h30
DOCE AMARGO AMOR

Dia 10
Música
15h00
FESTA DE NATAL DA REDE SOCIAL DO CONCELHO DE BEJA
Org. Rede Social do Concelho de Beja
Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 11
Multidisciplinar
18h00
FESTA DE NATAL DO JARDIM DE INFÂNCIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
Org. Jardim de Infância Nossa Senhora da Conceição
Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 12
Música
21h30
Lançamento do CD do Grupo Coral OS BUBEDANASO MEU MONTINHO

Dia 13
Música
21h30
Um Concerto para o Natal DA UNIÃO, O TRIUNFO
Org. Coro de Câmara de Beja
Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 14
Cinema Infantil
15h00
O GANGUE DO PARQUE

Dia 16
Cinema
21h30
MAGIA AO LUAR

Dia 18
Música/Dança
21h30
À VOLTA DOS CONTOS DE NATAL…
Org. Conservatório Regional do Baixo Alentejo
Apoio Câmara Municipal de Beja

Dia 19
Teatro/Comédia
21h30
CUCURRUCUCU de Alfonso Paso, com Tozé Martinho, Jorge Sequerra, Rita Simões, Daniel Garcia, Carla Janeiro e Daniela Pestana
Co-Produção Aplaude Sucesso/Câmara Municipal de Beja

Dia 21
Musical
15h00
RUCA AO VIVO – CONCERTO DE NATAL
Org. Lemon
Apoio Câmara Municipal de Beja

RUCA AO VIVO – CONCERTO DE NATAL

 
21 Dezembro - 15h00
10€ - M3

O Ruca e os seus companheiros estão de volta aos palcos com um espetáculo de Natal mágico!
A Rosita, a Clementina, o Luís e o gato Riscas vão acompanhar o Ruca num concerto muito especial, que celebra o Natal e toda a alegria que oferece ao público infantil. Um Concerto ao Vivo do grande amiguinho das crianças, totalmente desenhado e inspirado no Natal, dando resposta à imensa solicitação do público mais jovem.

Considerado uma das atrações infantis de maior sucesso do momento, este concerto aposta numa superprodução divertida, com muita música, animação e que promete muitas surpresas, envolvendo todo o público no maravilhoso espírito Natalício! O Concerto de Natal do Ruca vai ser o presente mais desejado das nossas crianças, na época mais bonita do ano!

Org. Lemon
Apoio Câmara Municipal de Beja

CUCURRUCUCU

19 Dezembro - 21h30
7€ - M12

De Alfonso Paso
Com Tozé Martinho, Jorge Sequerra, Rita Simões, Daniel Garcia, Carla Janeiro e Daniela Pestana

Carlota e Luísa vão passar uns dias à casa de campo. Despedem-se dos maridos. Diogo e Jorge ficam em Lisboa, com uma tristeza aparente.
Deixam-nas partir e depois fazem planos para passarem uma noite divertida... Convidam duas cubanas para lá irem a casa.
Mas as confusões de uma vizinha e do seu namorado, tudo baralham e aquilo que podia ser uma noite divertida, depressa se transforma numa grande balbúrdia.

Co-Produção Aplaude Sucesso/Câmara Municipal de Beja

À VOLTA DOS CONTOS DE NATAL…

18 Dezembro - 21h30
1,5€ - M3

Nos natais do antigamente, aqueles que a memória dos mais crescidos ainda guarda como recordações saudosas dessa infância sem consumos, havia um natal de celebração em que a família se reunia em torno de uma festa contida e as crianças aguardavam empolgadas os contos vindos da voz de uma avó ou de um avô… Preparava-se o natal embrulhando sorrisos e cantares…
À volta dos contos de natal é o tema que o CRBA propõe para o espectáculo de Natal com a participação dos alunos dos cursos de música e dança do CRBA.

Org. Conservatório Regional do Baixo Alentejo
Apoio Câmara Municipal de Beja

MAGIA AO LUAR

16 Dezembro - 21h30
3€ - M12

Ano de Lançamento 2014
Género Comédia/Romance
País EUA
Duração 97 minutos
Direção Woody Allen
Elenco Colin Firth, Antonia Clarke e Natasha Andrews

Conhecido pelos seus números espetaculares, Wei Ling Soo é um dos mais celebrados mágicos da sua época. O que poucos sabem é que por detrás daquela carismática personagem existe Stanley, um inglês de poucas palavras que olha o mundo com cinismo e falta de fé.
Certo dia, no final de um espetáculo, é abordado por Howard, amigo de longa data, que lhe pede para ir consigo para a Côte d'Azur (França), para desmascarar uma suposta médium que conquistou a atenção de uma família abastada. Sophie, a rapariga em questão, instalou-se na mansão dos Catledge porque a matriarca está convencida de que, com a sua ajuda, poderá comunicar com o falecido marido. Apesar de Stanley a considerar uma fraude desde o primeiro encontro, a verdade é que, para seu assombro, ela demonstra possuir poderes que desafiam todas as explicações científicas.
A pouco e pouco, seduzido pela franqueza e encanto de Sophie, aquele homem pragmático descobre um mundo totalmente novo e cheio de mistérios. Assim, ao mesmo tempo que que as certezas de Stanley começam a cair por terra, abrem-se brechas no seu coração…

O GANGUE DO PARQUE (VP)

14 Dezembro - 15h00
2€ - M6


Ano de Lançamento 2014
Género Animação/Comédia
País Canadá/EUA
Duração 85 minutos
Direção Peter Lepeniotis
Vozes portuguesas Manuel Marques, Pedro Granger e Bruno Ferreira

Surly, é um esquilo com dificuldade em se relacionar com os seus companheiros. Expulso do parque onde vivia é obrigado a encontrar formas de subsistência no meio da cidade.
Por sorte, encontra um lugar que não só lhe poderá salvar a vida como permitir que todos os animais do parque se abasteçam para o inverno que se aproxima...

UM CONCERTO PARA O NATAL ‘DA UNIÃO, O TRIUNFO’

13 Dezembro - 21h30
4€/2€ (Sócios do Coro de Câmara) - M6

Participação
Coro de Câmara de Beja
Orquestra de Câmara Lusitânia

Org. Coro de Câmara de Beja
Apoio Câmara Municipal de Beja

O MEU MONTINHO

12 Dezembro - 21h30
5€ - M3

Lançamento do CD O MEU MONTINHO do Grupo Coral OS BUBEDANAS

Convidados
- Moços da Aldêa
- Jorge Benvinda
- Nuno Figueiredo
- Helder Morais
- Eduardo Espinho
- Luis Espinho

FESTA DE NATAL DO JARDIM DE INFÂNCIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

11 Dezembro - 18h00
Entrada Gratuita - Todas as Idades

Org. Jardim de Infância Nossa Senhora da Conceição
Apoio Câmara Municipal de Beja

FESTA DE NATAL DA REDE SOCIAL DO CONCELHO DE BEJA

10 Dezembro - 15h00
Entrada Gratuita - M3

Org. Rede Social do Concelho de Beja
Apoio Câmara Municipal de Beja

DOCE AMARGO AMOR

9 Dezembro - 21h30
3€ - M14

Ano de Lançamento 2012
Género Drama
País Espanha/Portugal
Duração 100 minutos
Direção Imanol Uribe
Elenco Iban Garate, Blanca Suárez e Karra Elejalde

Década de 1950. Espanha vive sob a ditadura de Franco. Enrique e Carmen são jovens e estão apaixonados. Para evitar que Enrique cumpra o serviço militar, ela consegue, graças a um tio poderoso, que ele fique colocado como dactilógrafo num tribunal militar da cidade. Porém, confrontado diariamente com todo o tipo de injustiças e abusos de poder, ele dá-se conta de que, para que algo possa ser alterado, tem de unir-se aos resistentes e tomar parte ativa na luta do povo espanhol. Rapidamente se vê envolvido em arriscados movimentos clandestinos que colocam a sua vida em perigo, assim como a de Carmen e dos seus amigos mais próximos.

DEAD COMBO

6 Dezembro - 21h30
10€ - M6

Depois de um 2013 inesquecível, marcado pelas comemorações de uma década de carreira, os Dead Combo estão de volta aos álbuns: «A Bunch of Meninos» foi editado, pela Universal Portugal, no passado dia 10 de Março.
Para apresentar o novo registo, a dupla de Tó Trips e Pedro Gonçalves fez as malas e partiu para uma digressão nacional, que arrancou no início de Março, com salas esgotadas por todo o país e que se estenderá até final do ano de 2014, por mais de 40 espectáculos, com passagem garantida pelos principais palcos de Portugal.
Composto por 13 novas canções, assinadas integralmente por Tó Trips e Pedro Gonçalves, «A Bunch of Meninos» foi gravado em Setembro de 2013, nos Atlantic Blue Studios. Produzido por Hélder Nelson e pelos Dead Combo, o álbum conta com as participações especiais de Alexandre Frazão (bateria e percussão) e António Sérginho (percussão).

A Bunch of Meninos» é a narração de uma aventura de perseguição e sobrevivência, misto de dura realidade e estranho sonho, passado numa qualquer cidade sinuosa e cinzenta, como fica demonstrado no texto de Pedro Gonçalves que acompanha o disco: "Saíram pela porta das traseiras, no meio do espesso nevoeiro que se tinha colado à pele da cidade. A já ténue luz das ruas transformara-se em fantasmas que desapareciam. Eu fiquei sentada na poltrona cor de sangue, apontando o revólver aquela cambada de meninos. Eram seis, mal encarados, bem vestidos, mal cheirosos, lacaios como sempre. Enquanto eles os dois corriam pelas ruas em direcção ao infinito, eu mantinha-os à distância de uma bala. Depois entrou o de bigode, o mexicano do casaco de pele de coelho. Foi quando partiram os seis em busca deles. “Tus amigos…. Esos que se hacen llamar músicos, están muertos!” – disse. Ri-me. Levantei-me e saí. Dias mais tarde, encontrámo-nos num hotel distante e celebrámos termos escapado vivos daquele buraco em que se tinha transformado a cidade.
“A Bunch of Meninos”, gritávamos, enquanto esvaziávamos mais uma garrafa. Quando acordei, com o sol a rasgar o branco das cortinas, estava só, mais uma vez…

Donos de um percurso de sucesso único, o quinto álbum de originais dos Dead Combo, que sucede ao aclamado «Lisboa Mulata», de 2011, promete levar esta jornada a outro patamar.

Co-Produção Produtores Associados/Câmara Municipal de Beja

CABRA MARCADO PARA MORRER

3 Dezembro - 21h30
3€ - M12

Ano de Lançamento 1984
Género Documentário
País Brasil
Duração 119 minutos
Direção Eduardo Coutinho
Elenco Eduardo Coutinho, Ferreira Gullar e Tite de Lemos

O filme é uma narrativa semidocumental da vida de João Pedro Teixeira, um líder camponês da Paraíba, assassinado em1962. Em razão do golpe militar, as filmagens foram interrompidas em 1964. O engenho da Galileia foi cercado por forças policiais. Parte da equipe foi presa sob a alegação de "comunismo", e o restante se dispersou.
O trabalho foi retomado 17 anos depois, recolhendo-se depoimentos dos camponeses que trabalharam nas primeiras filmagens e também da viúva de João Pedro, Elisabeth Teixeira, que desde dezembro de 1964 vivera na clandestinidade, separada dos filhos. Reconstruiu-se assim a história de João Pedro e das Ligas camponesas de Galiléia e de Sapé.

JUNTOS CONSTRUÍMOS FELICIDADE e Adaptação de “JOÃO SEM MEDO”

3 Dezembro - 14h30
Entrada Gratuita - M3

Pelo Grupo de Teatro da CERCIBEJA

Juntos Construímos Felicidade
Quem não gostaria de viver num Mundo melhor? Esta performance mostra-nos essa possibilidade… a de viver num sítio melhor, construído por Todos e para Todos. “Era uma vez um povo triste…” “Um dia tudo mudou…”

Adaptação de “João sem Medo”
João é um rapaz com tantos sonhos. Um dia resolve ir à procura desses sonhos, apercebendo-se de que para concretizá-los terá de ultrapassar uma importante barreira - se não a mais importante de todas –, o Medo.

Org. CERCIBEJA
Apoio Câmara Municipal de Beja

GALINHA COM AMEIXAS

2 Dezembro - 21h30
3€ - M12

Ano de Lançamento 2011
Género Drama
País Bélgica/Alemanha/França
Duração 93 minutos
Direção Vincent Paronnaud e Marjane Satrapi
Elenco Mathieu Amalric, Edouard Baer e Maria de Medeiros

Teerão, 1958. Nasser-Ali é um dos mais bem conceituados violinistas da sua época. Certo dia, durante uma discussão, a mulher enfurece-se e destrói o seu estimado violino. Destroçado, ele tenta encontrar algo que substitua o seu velho instrumento, mas nenhum parece ter a afinação ou a sonoridade que o faça acreditar novamente na sua arte. E assim, incapaz de comunicar com o mundo, Nasser-Ali fecha-se sobre si mesmo e decide morrer. É então que, enquanto espera pelo fim, vai fazer uma longa viagem ao passado, revivendo as circunstâncias que o levaram àquele lugar...

MESTRE CANTE

28 Novembro - 21h30
15€ (com CD) / 10€ - M3

Projeto que pretende divulgar a universalidade do Cante, fazendo soar modas populares do Cancioneiro Alentejano com temperos instrumentais de excelência.

Vozes
Paulo de Carvalho
Janita Salomé
Clara Palma
Bernardo Espinho
António Caixeiro
Luis Espinho
Zé Emídio

Músicos
Rão Kyao
Zé Salgueiro
João Frade
Tiago Oliveira
Cícero Lee

PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO 2014

Dia 1
Música
21h30
XI TERRAS DE CANTE – FESTIVAL INTERNACIONAL DE TUNAS UNIVERSITÁRIAS DA CIDADE DE BEJA
Org. Tuna Universitária de Beja
Apoio Câmara Municipal de Beja

De 4 a 9
Cinema
15ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS
Org: Institut Français du Portugal
Parceiro Câmara Municipal de Beja | Aliança Francesa da Cidade de Beja

Dia 4
Cinema
21h30
ATTILA MARCEL

Dia 5
Cinema
10h30/14h30 – Sessões para Escolas mediante marcação pelo telefone 284 315 090 ou por email cultura@cm-beja.pt
21h30 | Público em geral
SUR LE CHEMIN DE L’ECOLE

Dia 6
Cinema
LES VACANCES DU PETIT NICOLAS
10h30/14h30 – Sessões para Escolas mediante marcação pelo telefone 284 315 090 ou por email cultura@cm-beja.pt 21h30
Público em geral

Dia 7
Cinema
21h30
HOPE

Dia 9
Cinema Infantil
15h00
LE PÈRE FRIMAS e L’OEIL DU LOUP

Dia 8
Teatro
21h30
MENINO DE SUA AVÓ pela Companhia de Teatro A Barraca

Dia 11
Cinema
21h30
A LANCHEIRA

FESTIVAL DANSUL
Dias 13, 14, 18, 19, 20, 26 e 27
Org. AMDA – Associação em Mértola para Desenvolver e Animar
Parceria Câmara Municipal de Beja

Dia 13
Dança
21h30 | Público em Geral
Dia 14
11h00 – Sessão para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net
ICA – INCENTIVO AO CRESCIMENTO ARTÍSTICO com Carolina Cantinho e Filipa Rodriguez

Dia 18
Dança
10h30/14h30
Dia 19
10h30
Sessões para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net
PERSONAGENS DE ÁGUA com Aldara Bizarro

Dia 18
Cinema
21h30
OMAR

FESTIVAL DANSUL
Dia 20
Dança
14h30 – Sessão para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net 21h30 | Público em geral
VALSA DO PEITO pela Companhia DANSUL

Dia 22
Música
21h30
LUÍS REPRESAS apresenta CORES

Dia 23
Cinema Infantil
15h00
CARTEIRO PAULO: O FILME – VP

Dia 25
Cinema
21h30
A GRANDE BELEZA

FESTIVAL DANSUL
Dança
Dia 26 – 10h30/14h30 | Dia 27 – 14h30 – Sessões para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net
21h30 | Público em geral
DANÇA IMPROVISADA com António Tavares e Felix Lozano

Dia 28
Música
21h30
MESTRE CANTE
Vozes: Paulo de Carvalho | Janita Salomé | Clara Palma | Bernardo Espinho | António Caixeiro | Luís Espinho | Zé Emídio
Músicos: Rão Kyao | Zé Salgueiro | João Frade | Tiago Oliveira | Cícero Lee

DANÇA IMPROVISADA

FESTIVAL DANSUL
Dias 26 e 27 Novembro
M12

com António Tavares e Felix Lozano

Dia 26  | 10h30/14h30
Dia 27  | 14h30
Entrada gratuita | Sessões para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net

21h30 | 3€ | Público em geral

A dança improvisada pede uma estrutura e disponibilidade, que conjuga a experiencia imediata e a arte do espectáculo, e que se quer introduzir como vertente da dança contemporânea. Este é um musical, com dramaturgia animal, onde a música, o teatro e o movimento se encontram. Somos as cobaias da nossa mais recente experiência científica. Provocamos diferentes estados e emoções que usamos como substâncias químicas do nosso tubo de ensaio. Temos um corpo emotivo, cheio e afetos, duas pessoas e uma impiedosa e desinibida curiosidade. Procuramos reações: um rugido, um suspiro, um lamento, um sinal de vida.
Em oficinas prévias ao espectáculo os artistas cativam novos adeptos à improvisação. 

António Tavares
Começou a dançar no grupo Mindel Stars (Cabo Verde) com digressão internacional pela Holanda Senegal França e Macau. Estudou na Escola Superior de Dança e na Escola de Artes e Ofícios do Espectáculo onde também foi professor. Trabalhou como bailarino com Olga Roriz, Aldara Bizarro Francisco Camacho e Rui Nunes.Em 1991 fundou os grupos Crêtcheu e Compasso Pilon para pesquisar sobre dança e fazer os seus trabalhos coreográficos como Fou-Naná e Danças de Cancer.

Felix Lozano
Tem formação das artes marciais à interpretação, incluindo dança moderna e contemporânea. Foi bailarino da Companhia Provisional Danza (Madrid) e, em Lisboa, trabalhou com coreógrafos e encenadores como Clara Andermatt Paulo Ribeiro, Olga Roriz, Né Barros, Cláudio Hochman, António Feio e Adriano Luz. Coreografou para as companhias de teatro O Bando e O Olho. Dá aulas de movimento teatral no espaço SOU e dirige o Festival Agosto em Lisboa.

Ficha Artística
Concepção, direção, coreografia e interpretação António Tavares e Felix Lozano

Org. AMDA - Associação em Mértola para Desenvolver e Animar
Parceria Câmara Municipal de Beja

A GRANDE BELEZA

25 Novembro - 21h30
3€ - M16

Ano de Lançamento 2013
Género Comédia, Drama
País Itália, França
Duração 142 minutos
Direção Paolo Sorrentino
Elenco Toni Servillo, Carlo Verdone e Sabrina Ferilli

Em Roma, durante o verão, o escritor Jap Gambardella reflete sobre sua vida. Ele tem 65 anos de idade, e desde o grande sucesso do romance O Aparelho Humano, escrito décadas atrás, ele não concluiu nenhum outro livro. Desde então, a vida de Jep se passa entre as festas da alta sociedade, os luxos e privilégios de sua fama. Quando se lembra de um amor inocente da sua juventude, Jep cria forças para mudar sua vida, e talvez voltar a escrever.

CARTEIRO PAULO: O FILME

23 Novembro - 15h00
2€ - M6


Ano de Lançamento 2014
Género Animação
País Reino Unido
Duração 88 minutos
Direção Mike Disa
Vozes Portuguesas Eurico Santos, Isabel Silva e Jorge Seabra

Na pacata vila de Valverde, o carteiro Paulo sempre foi uma presença fundamental. A sua entrega ao trabalho e a gentileza que foi espalhando em seu redor sempre foram motivo de alegria para todos os que com ele foram partilhando a sua vida. O que ninguém imaginava era que, para além da inegável vocação para carteiro, ele fosse dotado de uma belíssima voz. É para a mostrar ao mundo que ele decide inscrever-se no "Tu És o Tal", o mais famoso programa de talentos da televisão nacional. Apesar dos seus receios, a sua atuação conquista o coração dos jurados e de todos os que têm o privilégio de o ouvir. O problema surge quando, ao entrar para o programa e se lançar no sonho de se tornar uma estrela, alguém tem de tomar o seu lugar na entrega da correspondência dos habitantes de Valverde. É então que todos vão perceber o quanto a amabilidade de Paulo tinha impacto no seu dia-a-dia…

LUÍS REPRESAS

22 Novembro - 21h30
10€ - M6

“Depois de Olhos nos olhos, último disco de originais editado em 2008, Luís Represas apresenta-nos o seu mais recente trabalho, “Cores”. Em 38 anos de carreira, Luís Represas guarda consigo um repertório invejável, uma História dentro de muitas estórias reflectidas em discos, composições e canções, que se tornaram êxitos intemporais da música popular portuguesa. Neste concerto intimista e ao mesmo tempo transversal, Luis Represas será capaz de captar ainda mais o espírito que existe na sua relação com o público e nos anos que foram percorridos lado a lado. As músicas são apresentadas na sua essência, despidas…”. Um concerto surpreendente!

Co-Produção Câmara Municipal de Beja / Just For You

VALSA DO PEITO

FESTIVAL DANSUL
20 Novembro
M6

Pela Companhia DANSUL

14h30 | Entrada Gratuita | Sessão para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net

21h30 | 3€ - Público em geral

Com dança, poesia, música e um filme este espectáculo expõe a experiência de sobreviventes do cancro da mama. Construímos a valsa em palco com poemas da escritora Fernanda Romba e, através de palavras-chave do seu livro O meu Caranguejo e Eu, refletimos sobre um problema de saúde do corpo feminino que é preciso enfrentar para compreender. Para o filme algumas mulheres alentejanas falaram da sua vivência. De forma afetuosa e encorajadora, percorremos na Valsa do Peito uma espiral de sentimentos, às vezes contraditórios mas seguramente inspiradores. Mantendo a dignidade e respeito que este assunto impõe deixámo-nos contagiar pela força de uma vontade de viver, a capacidade de dominar a revolta e a vontade de vencer.

Companhia Dansul
É uma convergência de vários artistas, em Mértola, para criar peças de dança contemporânea que refletem temas familiares à cultura local. Após Diz que Dançam (2008), Movimentos da Terra (2011) e Não Dançarás Como Antes (2013) esta é a quarta criação da companhia. Paula Varanda, que junta o grupo, tem um mestrado em artes pela Middlesex University e dedica-se desde 1994 à criação, reflexão e formação em dança.

Ficha Artística
Direcção artística e coreografia Paula Varanda
Música original ao vivo Anthony John
Filme documental Helena Inverno e Verónica Castro
Bailarina Joana Cavaco
Declamação e poemas Fernanda Romba
Iluminação José Palma
Participantes no filme sobreviventes e familiares entrevistados em Mértola, Almodôvar, Ferreira do Alentejo, Casével e Castro Verde
Apoio de guarda-roupa e maquilhagem Ana Fabião
Engenharia de som André Neto

Org. AMDA - Associação em Mértola para Desenvolver e Animar
Parceria Câmara Municipal de Beja

PERSONAGENS DE ÁGUA

FESTIVAL DANSUL
Dias 18 e 19 Novembro
De Aldara Bizarro

Dia 18 | 10h30/14h30 
Dia 19 | 10h30 
Entrada gratuita | M3 | Sessões para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net

A água dissolve, a água transporta, a água limpa, a água gasta, a água é um espelho, a água renasce, a água é forte, a água entorna-se e a água engana. Neste espectáculo sobre as qualidades da água a bailarina propõe tarefas que serão executadas com as crianças que assistem, levando-as a recriar situações da vida real e a experimentar, de outra forma, as propriedades da água. A água aparece como metáfora da vida.

Aldara Bizarro
Estudou dança em Luanda, Lisboa, Nova Iorque e Berlim. Como intérprete trabalhou com Rui Horta, Paulo Ribeiro, Francisco Camacho e Madalena Victorino. Começou a coreografar em 1990 e desde então assinou muitas peças de dança contemporânea, apresentadas nas melhores salas do país, tais como O Encaramelado, A Preguiça, Ataca?, A Casa, Projecto Respira, A Nova Bailarina, Cara e O Baile. Como formadora trabalhou com o Fórum Dança, Escola Superior de Dança, Centro Cultural de Belém, Fundação Calouste Gulbenkian e muitos teatros nacionais. É diretora artística da Jangada de Pedra. Atualmente desenvolve projectos dirigidos a jovens e à comunidade, procurando cruzar a dança com outras artes, com um foco especial na componente pedagógica.

Ficha Artística
Concepção, Direcção e Coreografia Aldara Bizarro
Interpretação e co-criação Maria Radich
Música original Anthony John

Org. AMDA - Associação em Mértola para Desenvolver e Animar
Parceria Câmara Municipal de Beja

OMAR

18 Novembro - 21h30
3€ - M12

Ano de Lançamento 2013
Género Drama
País Palestina
Duração 96 minutos
Direção Hany Abu-Assad
Elenco Adam Bakri, Leem Lubany e Iyad Hoorani

Omar é um jovem palestiniano que, por amor, está disposto a todos os sacrifícios. Para ver Nádia, a namorada, ele trepa o muro de separação que foi construído para demarcar os territórios palestinianos ocupados. Um dia, é preso e espancado por agentes israelitas, por suspeita do homicídio de um deles.
Enfrentando a possibilidade de ser sentenciado a 90 anos de prisão, recebe a proposta de, em alternativa, se converter em agente duplo para os serviços secretos de Israel. Determinado a não obedecer a ordens do inimigo, Omar junta-se a Tareq, o irmão militante de Nádia, e começa a sua luta pela conquista da liberdade, para si e para o seu povo. Mas, para que isso seja possível, o rapaz tem de enfrentar as terríveis consequências das escolhas que é obrigado a fazer.

ICA – INCENTIVO AO CRESCIMENTO ARTÍSTICO

FESTIVAL DANSUL
Dia 13 Novembro - 21h30
3€ - M3

Dia 14 | 11h00 | Entrada gratuita | M3
Sessão para Escolas mediante marcação pelo email geral@dansul.net 

A proposta do ICA é partilhar um método de pesquisa-acção do projeto Dansul para articular vontades artísticas, recursos de produção e interesses de sensibilização de públicos. Em 2014 pedimos a duas jovens coreógrafas para a olharem e escutarem a cidade de Beja, colaborando com as escolas de ensino artístico. Com este desafio exploraram no vídeo a relação corpo-espaço com o património edificado (histórico e contemporâneo) e trabalharam com jovens bailarinas e sonoridades locais. Resultou um díptico em dança para palco com duas assinaturas.

Calor, calma, planície, casas brancas, molduras coloridas, centro histórico mágico e arquitetura de grande escala; são surpresas e contrastes para os meus sentidos e o meu agir. (Carolina Cantinho)

Cheguei e fui. O que vejo não é aquilo que sinto. Percorro o antigamente e vou-me embora. Procuro a nostalgia na cidade, respiro fundo e sinto aquilo que vejo. Até Já. (Filipa Rodriguez) 

Carolina Cantinho
Licenciada em Design de Comunicação (UALG 2009), concluiu em 2012 o Mestrado de Criação Coreográfica Contemporânea (ESD). É bailarina e professora na Companhia de Dança do Algarve desde 2004, com prémios de interpretação em concursos internacionais como Barcelona Dance Grand Prix, Dance World Cup e Centre du Marais.

Filipa Rodriguez
Licenciada pela Escola Superior de Dança em Lisboa (2007) concluiu aí o Mestrado de Criação Coreográfica Contemporânea (2012). Lecionou no Ano Zero da ESD e é professora de ballet e dança contemporânea no Teatro Lethes em Faro. Como bailarina trabalhou com Filipe La Féria e a Companhia de Dança Laura Alvarez.

Ficha técnica e artística
Coreografia, vídeos e interpretação Carolina Cantinho e Filipa Rodriguez
Bailarinas em vídeo Beatriz Silva, Catarina Guerreiro, Inês Rodeia, Isabel Doutor, Leonor Revez, Margarida Oliveira e Rita Vília
Música e som Estúdio Portal do Som
Colaboração Conservatório Regional do Baixo Alentejo e Laboratório de Arte e Comunicação do Instituto Politécnico de Beja
Produção AMDA / Projecto Dansul

Org. AMDA - Associação em Mértola para Desenvolver e Animar
Parceria Câmara Municipal de Beja

A LANCHEIRA

11 Novembro - 21h30
3€ - M12

Ano de Lançamento 2013
Género Romance
País Índia
Duração 104 minutos
Direção Ritesh Batra
Elenco Irrfan Khan, Nimrat Kaur e Nawazuddin Siddiqui


Um erro no usualmente eficaz serviço de entrega de lancheiras provoca a relação entre Ila Vaid, uma jovem mulher desprezada, e Saajan Fernandes, um homem perto da idade da reforma. Por via destas lancheiras, ambos iniciam uma correspondência e começam a sonhar com outra vida.

15ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS

De 4 a 9 Novembro

Org Institut Français du Portugal
Parceiros Câmara Municipal de Beja | Aliança Francesa da Cidade de Beja

LE PÈRE FRIMAS e L’OEIL DU LOUP


15ª Festa do Cinema Francês
9 Novembro - 15h00
2€ - M6

Le Père Frimas
Ano de Lançamento 2012
Género Animação
País França
Duração 26 minutos
Direção Youri Tcherenkov

No topo dos Alpes, vive o Pai Frimas, uma maravilhosa personagem com poderes de encantar. Todos os invernos, ele faz com que a neve cubra bem toda a floresta. Mas este ano, nada se passa como habitualmente. Sylvain, o espirito da floresta, sai bruscamente da sua hibernação faminto e de mau humor…

L’Oeil du Loup
Ano de Lançamento 1998
Género Animação
País França
Duração 26 minutos
Direção Hoël Caouissin

Atrás das grades do Jardim das Plantas, cada um vai contar a sua história, evocar os bons como os maus momentos. Das planícies nevadas do Alasca às terras quentes de Africa, este filme é simultaneamente engraçado, emocionante e dramático.
Com argumento de René Laloux e de Hoël Caouissin, a partir do romance epónimo de Daniel Pennac, e desenhos de Max Chabanes, esta é uma história de amizade entre um lobo do Alasca e uma criança africana. Uma bela lição de tolerância.

MENINO DE SUA AVÓ

8 Novembro - 21h30
5€ - M12

Pela Companhia de Teatro A Barraca


Um dueto cénico entre Fernando Pessoa e a sua avó paterna, Dionísia Seabra Pessoa. Sete encontros onde o fantástico ganha a cena, numa divertida fantasia onde material e imaterial se confunde, à maneira pessoana, entre personagens que se cruzam do lado de cá e de lá da vida.
A peça inédita de Armando Nascimento Rosa, Menino de sua avó, escrita para Maria do Céu Guerra e Adérito Lopes, acompanha ambas as personagens na vida e na morte, numa sucessão de momentos que atravessam o século XX português.
Maria do Céu Guerra abraça a personagem de Díonisia, a “avó louca” que terá tido particular influência no jovem Pessoa, multiplicando-se entre personagens, numa criação partilhada entre a atriz, o Actor, o cenógrafo José Costa Reis, o compositor António Vitorino d’Almeida e Rita Lello.

Menino de sua avó é uma criação cénica em que a vida insubmissa do teatro se substitui ao silêncio da morte, guiados pela louca lucidez de uma Dionísia reinventada, e do seu neto, cuja timidez esconde a genial ousadia patente na sua imensa obra, que é hoje um legado extraordinário da lusofonia.

Ficha Artística e Técnica
Encenação Partilhada
Apoio Rita Lello
Música original António Victorino d'Almeida
Harpa Ana Dias
Cenografia e figurinos José Costa Reis
Aderecista Marta Fernandes da Silva
Vídeo Paulo Vargues
Interpretação Adérito Lopes e Maria do Céu Guerra
Sonoplastia Ricardo Santos
Iluminação Fernando Belo
Mestra Costureira Alda Cabrita
Montagem Mário Dias
Assistência Marta Soares
Produção Executiva Paula Coelho e Inês Costa
Fotografia MEF Luis Rocha

HOPE

15ª Festa do Cinema Francês
7 Novembro - 21h30
3€ - M12

Ano de Lançamento 2014
Género Drama
País França
Duração 86 minutos
Direção Boris Lojkine
Elenco Justin Wang, Endurance Newton e Dieudonné Bertrand Balo’o

Durante a travessia do Sara para chegar à Europa, Léonard, um jovem camaronês, acaba por ter de ajudar Hope, uma nigeriana. Num mundo hostil onde cada um deve ficar com os seus, eles vão tentar permanecer juntos e amarem-se.